sábado, 1 de janeiro de 2011

Tempos...


Foi neste dia, mas à um ano atrás… estava no mesmo local onde estou, à espera de uma mensagem tua, de uma chamada tua, e nada aparecia no ecrã do meu telemóvel.
O tempo passou e a meia noite aconteceu, olhei para o céu e chorei, chorei de raiva, saudade, paixão ! E a bebida foi a minha melhor companhia já não estava em mim e liguei-te em privado, ouvi a tua voz e agarrei-me a pessoa mais próxima que estava de mim. Deu logo para perceber que te amava.
O tempo passou e agora estou com o sentimento ainda maior !
Amo-te mais que à um ano atrás, as saudades são maiores, e a raiva… raiva de mim mesma ! Lutei demais em 2010 lutei e muito, não ah quem não me tenha visto chorar.
Possa o tempo passar que eu sei, eu sei que te amarei ! Mais que ontem e mais que à um ano atrás.
E eu sei, que o que tu sentes por mim já não é igual, já não é nada. Posso acreditar que por vezes tu me odeias...
Os tempos já não são os mesmo, tu já não és o mesmo, EU JÁ NÃO SOU A MESMA !
O inverno normalmente congelava'me o coração, anos atrás, mas agora é mais quente que fogo, e palpita mais rápido que uma estrela cadente a milhares de anos luz.
Apenas escrevo isto porque...
Tenho saudades e ainda te amo.


"Claro que com tantos sapos no mercado, bem vestidos, cheios de conversa e tiradas poéticas, como é que não nos enganamos? É fácil. Primeiro, é preciso aceitar que às vezes nos enganamos mesmo. E depois, é preciso acreditar que um dia podemos ter sorte. E como o melhor de estar vivo é saber que tudo muda, um dia muda tudo e ele aparece. Depois, é só deixa-lo ficar um dia atrás do outro... e se for mesmo ele, fica."

3 comentários:

Már * disse...

Está lindo mesmo

Anónimo disse...

lindo crlh +.+

CANCELADO disse...

está lindo amor ,ADORO *.*